Uma das estrelas da principal liga de basquetebol do Mundo, Kevin Durant revelou que, em alguns dias, odeia fazer parte da NBA, do «circo» que rodeia a competição. O norte-americano revelou ainda que está pronto para esquecer o seu recente passado com os Golden State Warriors e começar o presente com os Brooklyn Nets.

Numa entrevista concedida ao The Wall Street Journal, Durant, referência para milhões de jovens e admiradores do basquetebol, confessou que o sonho de jogar a NBA também tem o seu lado negro, principalmente quando um jogador torna-se uma estrela do “show”:

«Há dias em que odeio a NBA, o circo ao seu redor»

Durant explica depois essas duras palavras:

Durant foi capa da revista do The Wall Street Journal
Durant foi capa da revista do The Wall Street Journal

Durant revelou ainda que jamais voltará a jogar nos Oklahoma City Thunder, já que ficou bastante magoado quando voltou a jogar na cidade após deixar a franquia para jogar nos Warriors, com insultos e ameaças na Chesapeake Arena.

«Odeio quando os jogadores deixam que o negócio ao redor da NBA, a fama que acarreta o negócio, altera a sua mentalidade em relação ao respeito que devemos de ter com o jogo. Por vezes não gosto de estar rodeado de executivos e políticos que este desporto traz. Odeio isso”»

«Nunca voltarei a Oklahoma. Desejei voltar e fazer parte da comunidade, mas ali já não confio em ninguém. Foi uma sensação tóxica, venenosa quando entrei no pavilhão (…) Tudo isso por ter deixado o clube?»

Evidentemente que Durant falou ainda sobre a sua passagem pelos Warriors…

«Cheguei com o objetivo de fazer parte do grupo, da família, mas a verdade é que nunca seria um deles. Não me “draftaram” nos Warriors… Steph [Curry] foi, Klay Thompson foi, Draymond Green foi, Andre Iguodala ganhou as suas primeiras Finais… E muitos do resto dos jogadores conseguiram reabilitar as suas carreiras nos Warriors. E eu? Como eles iriam reabilitar a minha carreira? O que iriam conseguir me ensinar? Como poderiam alterar o meu basquetebol? Eu já tinha sido MVP e máximo marcador da NBA…»

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here