Espanha e Alemanha realizam, em Udine, Itália, a final do Europeu Sub-21 , num encontro onde temos de olhar para o passado, já que, há dois anos, os alemães derrotaram os espanhóis.

Em 2017, a Alemanha derrotou a Espanha por 1-0 e colocou um  ponto final naquele que seria o tricampeonato dos espanhóis. Por isso, o jogo de hoje está a ser encarado como uma “vingança” por parte dos nuestros hermanos, que, nas últimas quatro finais do Europeu Sub-21, esteve presente em três (venceu em 2011 e 2013).

Aliás, o selecionador espanhol, Luis de la Fuente, confessou que era positivo ter no seu elenco alguns dos jogadores que perderam há dois anos:

«Estamos onde queremos estar, num grande estádio e sabendo que tudo depende nós. Teríamos dado de tudo para estar aqui há três semanas. Vamos agora desfrutar do momento e espero que alcancemos a vitória. É bom ter jogadores que estiveram na final há dois anos. A experiência no futebol é muito importante.»

Já o selecionador alemão, Stefan Kuntz, desvalorizou a vitória do seu país há dois anos, recordando que os jogadores não são os mesmos. «Espanha tem muito talento, joga um futebol de possessão e são muito fortes no meio-campo. (…) Gostaríamos de surpreender a Espanha, um pouco como fizemos há dois anos.»

Final do Euro Sub-21 com muitos motivos de interesse

Em relação ao jogo, há dois nomes a ter em conta: Dani Ceballos e Mahmoud Dahoud. Muito do que cada seleção alcançar hoje passará pelos pés desses dois jogadores, verdadeiros cérebros das suas equipas, com um poder de responsabilidade invulgar para esta idade. De referir que o espanhol tem dois golos e duas assistências em Itália e, há dois anos, foi escolhido o melhor jogador do Euro.

O caminho de Espanha e Alemanha na fase final do Euro Sub-21
O caminho de Espanha e Alemanha na fase final do Euro Sub-21

Outro nome a reter na Alemanha é Luca Waldschmidt, que soma sete golos dos 14 marcados pelos alemães na fase de qualificação e na fase final. O avançado marcou em todos os jogos da fase final de Itália, um registo realmente impressionante.

No historial do Euro Sub-21, a Espanha soma quatro vitórias, enquanto a Alemanha venceu por duas vezes. Registou-se ainda um empate.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here